domingo, 28 de fevereiro de 2016

Encontro de Anciãos AC (Palestras em Áudio)



O Encontro de Anciãos da Associação Catarinense foi realizado no último dia 13 de fevereiro em São José (SC), reunindo cerca de 700 pessoas. Os líderes foram convidados a realizarem um evangelismo em outro bairro de sua localidade na Semana do Calvário (20 a 26 de março). E o engajamento foi positivo, provocando fila para pegar o kit missionário. 

O evento contou também com convidados especiais. Um deles foi o pastor Montano de Barros, líder dos anciãos das Igrejas Adventistas no Sul do Brasil (União Sul Brasileira – USB) que falou sobre o papel do ancião na igreja e em casa. Quem também esteve presente foi o pastor Alex Palmeira, líder do Ministério Pessoal – USB, que destacou a importância do ancião estar envolvido no Cada Um Salvando Um. Outro convidado foi o pastor Emilson Reis, professor de teologia no UNASP: “A pregação tem que ser bíblica, religiosa, cristocêntrica, relevante e clara”, comentou o pastor, que é especialista na área de criação de sermões.


Vindo dos Estados Unidos, o Encontro de Anciãos recebeu também o pastor Richard Elofer, líder mundial das congregações judaico-adventistas, que destacou a importância do bom diálogo com o povo judeu. Acompanhando o pastor Elofer e o auxiliando na tradução esteve presente o pastor Reinaldo Siqueira, líder da mesma área para oito países da América do Sul. “Trouxemos esses convidados para preparar nossos anciãos para um ano abençoado. Estamos felizes porque percebemos o comprometimento de cada um em ter mais comunhão, mais relacionamento e mais missão”, explica o pastor Derli Agostini, Ministerial – AC.


Ao final do evento dois batismos, resultado do trabalho missionários de anciãos, emocionaram os presentes.

Fonte: Associação Catarinense

Tive a grata oportunidade de participar desse evento e, por isso, estou disponibilizando abaixo as gravações em áudio de três palestrantes:

 
Pr. Emilson dos Reis



Pr. Montano de Barros


Pr. Richard Elofer (com tradução do Pr. Reinaldo Siqueira)

As gravações foram feitas através do celular, mas estão na maior parte compreensíveis. Bom proveito!