quinta-feira, 24 de março de 2011

Dando a cara para bater


Tornaram-se comuns os adesivos que representam membros de uma família, colados nas carrocerias dos carros. Neles, estão o pai, a mãe, os filhos e até os animais de estimação, como cachorros, gatos e pássaros. Só que a mania tem um lado perigoso, conforme alerta o Capitão Emerson Massera Ribeiro, da Polícia Militar de São Paulo. “Alguns golpistas usam estratégias para obter informações sobre as pessoas. No golpe do falso sequestro, por exemplo, o adesivo pode ajudá-lo a convencer a vítima, pois terá ideia de como é a família”, disse.

Um dos que aderiu à moda dos adesivos foi o empresário Rodrigo Lombardi, que tem a sua imagem, da esposa e do filho representadas na traseira de seu Honda Civic. Ao contrário do que diz a recomendação policial, Lombardi não se preocupa com a segurança. “O bandido vai se preocupar mais com o valor do carro que com o adesivo. O que conta é a facilidade na abordagem. O adesivo se tornou tão popular que o criminoso ficaria indeciso”, justifica.


Veja a matéria completa neste link.

---------------------------------------

A abertura de fronteiras pessoais, em nosso tempo, está cada vez mais sendo ampliada. Estamos dando a "cara para bater". Um vai conhecendo a vida do outro. As redes de relacionamento da Internet são o maior exemplo disso, pois nela divulgamos não somente as nossas convicções, como também o que fazemos no dia a dia, nossos hábitos e nosso caráter.

Veja também a postagem: "Anzóis Virtuais".

Por um lado, isso é ruim, pois pode nos prejudicar de alguma forma. Mas, por outro lado, inclusive para nós (adventistas) que temos uma mensagem a pregar para o mundo - a mensagem de uma vida santificada - é uma ferramenta bastante interessante e útil. Se "viver é correr risco de tragédia", vamos dar a cara para bater mesmo. Deus está ao nosso lado. O mundo precisa ver, ouvir e conhecer vidas transformadas pelo Espírito Santo e que não temerão ao tempo da prova que sobrevirá ao mundo.

"Diga ao mundo: Há esperança! Jesus em glória voltará, para salvar a todos que aceitarem seu perdão. Seja uma fonte de esperança e de paz!"

segunda-feira, 21 de março de 2011

Vislumbres do futuro


Três reatores atômicos japoneses estão com problemas por causa do tsunami. São só três, mas que assustam, pois podem sair de controle, e explodir, contaminando grande região com radioatividade mortal. Existem no mundo 438 reatores para fins civis distribuídos em 31 países, gerando 372 GW. Para comparar, a usina hidrelétrica de Itaipu tem uma potência de geração de 14 GW. Mas qualquer um deles explode conforme o tipo de problema que sofrerem. Pensava-se que esses reatores fossem seguros. Descoberta: não são seguros. E há mais 42 reatores em construção. Os países que possuem mais reatores são: Estados Unidos, 104; França: 59; Japão, 54 e Rússia, 31.

Agora uma reflexão: quais serão os efeitos de possíveis explosões dessas usinas, durante as pragas, quando os 4 anjos de Apocalipse 7 soltarem os ventos? Sem falar nas aproximadamente 20 mil ogivas atômicas estocadas. É a sabedoria humana sendo questionada pela natureza, loucura diante de DEUS. Quanto maior a tecnologia, aparentemente, mais progresso, até que alguma coisa prove o contrário. Um terremoto, ou um tsunami, por exemplo.

No Éden, era para vivermos em meio a natureza, sem risco algum. Com o pecado, passando o tempo, o homem desenvolveu a ciência. Aparentemente melhorou a vida na Terra. Mas de um momento para outro, descobre-se, dramaticamente que a situação é bem pior, principalmente quanto a segurança.

Está na hora de JESUS voltar, pois aqui, por inúmeros motivos, a vida se aproxima da inviabilidade. Precisamos nos preparar para viver em outro lugar desse Universo.

Fonte: Cristo Voltará.